segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

The river

No rio as árvores e o céu são água onde o meu reflexo viaja em direcção ao mar. Ah… mas antes há a mulher que habita a Lagoa. A Lagoa que fica entre o meu rio e o mar. A Lagoa que me leva ao sabor da nudez dos nossos silêncios. Corpos a cantar na música da manhã. Onde ninguém nos vê. Onde a luz respira. Beijo a beijo.
.

Cry me a river - Julie London 

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

O rio e a lagoa

O rio "sem nome" que se forma logo após a junção dos rios Arnoia e Real
. O rio mais perto do sul da Lagoa de Óbidos . Margem do rio, quase junto à sua foz, em terrenos pantanosos e de sapal. Para além do lixo observam-se condutas que procuram conduzir as escorrrências das margens do rio quando as águas sobem. . Finalmente a foz do rio "sem nome" desaguando na Lagoa de Óbidos. À esquerda fica a entrada do braço do Bom Sucesso e à direita a do Braço da Barrosa. Ao longe numa língua de lodo e areia um bando de aves e um depósito de detritos.
.
The River-Bruce Springsteen
 

O rio sem nome que se forma após a junção dos rios Arnoia e Real (ver “post” de 1 de Dezembro de 2010) serpenteia ao longo de alguns quilómetros pelas terras circunvizinhas, passa por uma zona de sapal e pantanosa – por onde se estende quando sobe o seu caudal – e termina numa pequena Foz (repleta de detritos e de bandos de aves), a sul da Lagoa de Óbidos, entre os Braços do Bom Sucesso e da Barrosa. Este rio representa a escorrência mais importante de água não marinha para a Lagoa (importante para muitas das espécies habitantes) e como tal merece uma atenção especial. O assoreamento tem sido progressivo devido à erosão crescente dos terrenos adjacentes e à falta de limpeza. É notória a quantidade de lixo não reciclável (mormente garrafas de plástico) que a mão humana deixa ou atira para a Lagoa. Seria adequado organizar uma “operação limpeza” das margens da Lagoa - como se tem feito em muitas praias – coordenada pelas autarquias de Óbidos e das Caldas, bem como uma dragagem desta zona. Deveria ainda ser instituída/formalizada a proibição de lançar lixo para a Lagoa, devidamente sinalizada e divulgada, com consequências negativas e significativas para os infractores.

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Raining again

A chuva escreve a paisagem impressionista da minha tarde na vidraça do pensamento numa intimidade silenciosa como se escutasse ainda os sonhos da adolescência ao ritmo das gotas a escorrerem pela janela da saudade
.
Rhythm Of the Rain (1962/63 original version) - The Cascades

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

On wood II


Ghost Dance (Native American Music) - Robbie Robertson & The Red Road Ensemble