sábado, 12 de dezembro de 2009

The wind and the trees (and the birds)

Em Maio de 1889, Rodrigo Berquó, então Administrador do Hospital Termal das Caldas da Rainha, encomendou mil Eucaliptus Globulus, que foram plantados a sul dos Pavilhões do Parque D. Carlos I e a nascente da Mata, ladeando a alameda que terminava no célebre miradouro denominado: “Pinheiro da Rainha”. Os exemplares que restaram foram referenciados pelo Professor Caldeira Cabral, em 1983, como os únicos exemplares desta espécie na península ibérica. São bens patrimoniais, entre outras espécies vegetais, a preservar num espaço que merece ser classificado. Ainda hoje existem alguns exemplares, atingindo em alguns casos mais de 50m de altura, que emergem bem acima das outras árvores da Mata Rainha D. Leonor, inclinando-se ao sabor do vento. Vento que, acompanhado pelos pássaros, vai soprando uma música – feita de profundidade – que passa de ramo em ramo e apetece ficar a ouvir, demoradamente, tentando perceber a dança das folhas. Nota: Este vídeo, que gravei com a máquina fotográfica, foi publicado no YouTube. Assim há duas “bandas sonoras” opcionais.

Wild is the Wind – Johnny Mathis

10 comentários:

Anónimo disse...

Excelente este post e, como diz o seu autor com a particularidade de duas "bandas sonoras",atrevendo-me eu a acrescentar, igualmente excelentes.
Consequentemente e porque ambas são de algum modo familiares,só o vislumbre do belo,apanágio de VT, poderia obter este resultado.
Assim,penso que no seu conjunto o texto, o som/imagem e a inspiração do autor, se transformam eles próprios num fantástico hino à natureza.
Concluo como iniciei excelente!
Sabrina

Anónimo disse...

Os pássaros nascem na ponta das árvores

As árvores que eu vejo em vez de fruto dão pássaros
Os pássaros são o fruto mais vivo das árvores
Os pássaros começam onde as árvores acabam
Os pássaros fazem cantar as árvores
Ao chegar aos pássaros as árvores engrossam movimentam-se
Deixam o reino vegetal para passar a pertencer ao reino animal
Como pássaros poisam as folhas na terra
Quando o Outono desce veladamente sobre os campos
Gostaria de dizer que os pássaros emanam das árvores
mas deixo essa forma de dizer ao romancista
é complicada e não se dá bem na poesia
não foi ainda isolada da filosofia
Eu amo as árvores principalmente as que dão pássaros
Quem é que lá os pendura nos ramos?
De quem é a mão a inúmera mão?
Eu passo e muda-se-me o coração.
Ruy Belo

De facto:
"A natureza é o único livro que oferece um conteúdo valioso em todas as suas folhas."
Goethe

E de facto ainda, “apetece ficar a ouvir demoradamente” estas duas belíssimas “bandas sonoras”… Parabéns pela inovação !

FC

Tricia disse...

i like your blog - very interesting & your photos are beautiful!

Eva Gonçalves disse...

Extremamente original este post. Adorei o vídeo com o som do vento através das árvores,e dos pássaros... é um som que pessoalmente me encanta sempre. Experimentei ambas as bandas sonoras separads e depois em uníssono e há uma simbiose perfeita entre as duas, extremamente agradável!! Adorei esta experiência! Obrigada!Abraço e bom resto de fim-de-semana.

IsabelK. disse...

Que maravilha de imagem , de sons, e que ideia genial!
Fiquei tão maravilhada com este post que assim que me fôr possivel irei visitar este bocadinho de "Paraíso" que o Vasco me vem trazer á memoria...Conheço o local com olhos de criança e pela mão do meu avô !
A música igualmente linda!
Obrigado. Abraco
Isabel

M disse...

Vasco, este é um momento fantástico!
As palavras da Sabrina traduzem tudo. Beijinho
MM

Paula disse...

Fantastico!
Aliás, não era de esperar outra coisa. Muito interessante a mistura de sons!

Anónimo disse...

Admiro a sua persistência na divulgação e até chamada de atenção para a necessidade de "classificação" de um património natural que,por sua vez,condicionará "atentados" de índole urbanístico,próximos ou futuros,na zona envolvente deste belíssimo Parque.
Gostei imenso de ouvir os "sons da natureza" que captou.
Tenho o privilégio de os ouvir e "ver",diariamente,ao abrir a minha janela.
Wild and sweet is the wind!
MV

VT disse...

Além de dar as Boas vindas a Tricia (Your visit and coments will be allways wellcome), agradeço todas as respostas, daqueles que acompanham o Heavenly, a esta nova experiência. Constituem um incentivo para realizar ocasionalmente outros posts com pequenos filmes.
Bem hajam
VT

Anónimo disse...

Não sei em que altura do ano foi gravado este video, está fabuloso, relaxante e encantador.
Estamos perto do inicio da Primavera e por esta altura, tenho o "previlégio" de ser acordada, com o canto de rouxinois, que nas primeiras vezes funciona como despertador, mas depois passa a embalador..., é muito bom ouvir a natureza nos seus sons mais puros e belos.As fotos como sempre, uma delicia.
Obrigada.
AC