segunda-feira, 9 de abril de 2012

Speech


3 comentários:

Eva Gonçalves disse...

:))) Boa! Abraço

Virgínia Machado disse...

Um bom registo que me leva a pensar que não deixa de ser curioso a constante que é a distância entre oradores e ouvintes. Essa distância costuma ser directamente proporcional ao conhecimento que se tem, ou não, com o orador... Será aqui também o caso?

Anónimo disse...

Muito interessante esta foto!!!
Quase poderia dizer que apresenta - em retrato - os 5 axiomas da teoria da comunicação, de Paul Watzlawick (...)!!!

"É impossivel não se comunicar: Todo o comportamento é uma forma de comunicação. Como não existe forma contrária ao comportamento ("não-comportamento" ou "anticomportamento"), também não existe "não-comunicação". Então, é impossível não se comunicar".

Um discurso em que o "vazio" - ausencia de pessoas (representado pelas cadeiras de plastico branco), medeia em grande escala o espaço comunicacional entre emissor e receptor (...). Muitas poderão ser as leituras, muitos e diferentes os significados - subjectivos qb portanto ...

De imediato levantaram-se-me algumas questões? - Para quem discursa? porque não ocuparam os presentes, as cadeiras vazias? será que representam ausencias definitivas? porque razão não foram ocupadas ou eliminadas? Será o discurso em si, vazio de conteudo? porque permanecem as pessoas ali desconfortavelmente sentadas?
Momentos de duvidas e/ou de grandes certezas, subliminarmente bem captados!!!
Dada a realidade social actual (desestruturante e disfuncional) sinto que este post poderá retratar uma necessidade de um "acordar" que se faz tarde ...
Abraço
AC