domingo, 14 de fevereiro de 2010

City inside glass

Secret Luminescences – Lucia Hwong

8 comentários:

Hugo de Macedo disse...

Abstracta qb.

Eva Gonçalves disse...

Adorei esta foto. Mesmo!Bjo

Maria, Simplesmente disse...

Sinto uma enorme solidão, para lá das janelas... para lá da grade que dentro de mim imediatamente criei ao olhar a imagem... da núsica que me oprime, da luz do lado de cá das janelas.
Mas isto são sentimentos meus... será que outros entem assim?... Espero que não.
Um bom dia
Maria

Anónimo disse...

Cheguei à janela…
Observei os cubos de vidro, simetricamente alinhados
Tentei vislumbrar a cidade, através do vidro, quase opalino
Em cada um dos seus cubos, pedaços daquela surgem, como peças de um puzzle
Detive-me num deles, de cor alaranjada, sugerindo o pôr-do-sol…
E perguntei-me: Porquê destacar esta janela, se outras de vidro, me permitem a visão plena da cidade ?
Esta janela é um apelo ao Sonho…
Através dela vejo formas e cores e “construo” a cidade com a minha própria Arte…
A de ver, como a da trilogia de um fotógrafo: com a lente, com o olho da selecção, e o da imaginação criativa
Gostei de a registar, atentem, milimetricamente…
Gostei sobretudo do cubo de vidro que sugere o pôr-do-Sol, porque depois deste, há sempre uma Nova Aurora…há sempre a esperança do Recomeço…

Bonita janela, magnífica foto, inspiradora melodia.

FC

Rita disse...

Ao admirar as tuas fotos de hoje vem-me há memória os teus diapositivos de "alguns " anos atrás. Quem SABE, realmente nunca esquece.
Só lamento não ter podido ouvir a música.
Abraço
FR

alice atras do espelho disse...

Gosto do surrealismo "preso" na imagem. De linhas simples mas de ideias complexas, deixando apenas a imaginação adivinhar.

Bjs do outro lado.

luis disse...

Uma janela com grades...ou o agrilhoamento da transparência, onde o translúcido cria a ilusão de uma comunicação iluminada, mas afinal, distorcida.

sonja valentina disse...

efeito muito bem conseguido. gostei!!!