segunda-feira, 22 de agosto de 2011

New beginning


Finale - Ennio Morricone

4 comentários:

Paulo Duarte disse...

Olá! Já á muito tempo que não visitava o teu blogue o que me encanta muito ao ver ensaios de momentos encantadores. Continuação de felizes momentos de criação.
Um até sempre.
Senapduarte

Anónimo disse...

Um "trovão", um "abalo", um "estremecer", um "confronto", perante a certeza da "perda"/"ausencia" de vida ou morte - a transformação/metamorfose, que naturalmente nos poderá fazer pensar e mesmo re-ver muitas das nossas atitudes face ao que de mais valioso temos - a Vida!Pensarmos para lá desta fronteira, nem sempre será facil e será muitas vezes "assustador"/"ameaçador", por ser algo que ao desconhecermos não dominamos (...) mas se calhar tambem por isso nos poderá "atrair" enquanto enigma!!!
Abraço
AC

Eva Gonçalves disse...

A vida precede sempre a vida... original esta conjugação entre este título e o título do tema musical... :)Também gosto da uniformização das cores. Também isso dá uma ideia de continuidade. :)

VT disse...

Obrigado Paulo pelo incentivo.
Obrigado AC e Eva pela reflexão. De facto não há finais. Há sempre novos príncipios ou mudanças.
Bem hajam
VT