sexta-feira, 16 de março de 2012

Behind clouds

Na hora de pôr a mesa, no princípio, éramos cinco:
o meu pai, a minha mãe, a minha irmã, o meu irmão e eu.
Depois vim morar longe de todos – noutra cidade.
Entretanto, chegaram as minhas 3 filhas e eram 8 os lugares na minha mesa.

Depois, há 10 anos, o meu pai voou com uns pombos que estavam à janela do quarto dele no hospital.
Depois, a minha irmã mais nova e a minha mãe foram as duas juntas, faz 3 anos, ter com o meu pai.
Depois as minhas 3 filhas ficaram a viver longe – lá para Lisboa – perto do meu irmão.
Hoje, na hora de pôr a mesa, somos oito.
Menos a minha irmã, menos o meu pai, menos a minha mãe, menos as minhas 3 filhas e o meu irmão.

Cada um deles é um lugar vazio nesta mesa onde como sozinho.
Mas irão estar sempre aqui.
Na hora de pôr a mesa, seremos sempre oito.
Enquanto estiver vivo, seremos sempre oito.

(adaptado/modificado do Livro "A criança em ruínas" de José Luís Peixoto)

And then so clear - Brian Eno 

11 comentários:

Laura Andrea disse...

Querido Vasco,quando vi esse post pela primeira vez e li o texto,fiquei muito emocionada...É bom saber que existem pessoas para as quais sentimentos tão banalizados hoje em dia ainda são importantes. Doce armadilha do Amor maior,saudade dos momentos felizes.:) Beijos de Luz

Manuela Nascimento disse...

De uma beleza tal que me deixa sem palavras. Tudo é perfeito! Adoro...

Virgínia Machado disse...

O texto quase me levou às lágrimas por razões minhas. O Amor pela Família é tão intenso e tão belo como a foto. Poucas palavras há a acrescentar, apenas que, aos pés da mesa de oito lugares haverá sempre deitado um cão que não era cão... Um abraço ternurento.

Luíza Frazão disse...

Fantástico blog! Parabéns. Encontrei-o quando andava em busca duma foto da Piscina da Rainha, Hospital Termal das Caldas. Como não tive autorização para fazer uma há pouco quando a visitei, ouso pedir-lhe autorização para usar a sua... Seria possível? É uma coisa tão mágica e de acesso tão condicionado...
Mais uma vez parabéns pelos textos, fotos, sensibilidade, tudo. Um abraço,
Luiza Frazão

http://adeusanocoracaodamulher.blogspot.com; http://saberdesi.blogspot.com

Anónimo disse...

Maravilhoso! Parece uma trovoada no Mar em dia de calor! já vi uma tempestade na Tunisia....Linda....Muitas semelhanças, pois foi mesmo ao Pôr do Sol...
Teresa Martins

Anónimo disse...

Mais uma foto fantástica
das que o Vasco nos tem habituado. Com imaginação, até se percebe a nuvem a pegar no astro, ou a fazer-lhe uma festa. Muito bonita !
Pedro Paulino de Noronha

Anónimo disse...

Pôr de sol muito bonito ,é preciso ter olho para cenas destas.
Isilda Querida Leal Marques

Anónimo disse...

Espectacular!!!!!!!!!!!!
Maria Odete Manuel

Anónimo disse...

Belo !!!!!!
Simone Torres C Herrera

Anónimo disse...

Beautiful Vasco!:)
Smiljka Popsavin

Anónimo disse...

Soberba!!!! Forte, intensa esta imagem:)))) Um conjunto de cores quentes, pairando borbulhantes....
Anita Martins