sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Amber moments

-
It´s Magic – Doris Day

11 comentários:

JJ disse...

Muito bela esta imagem lembrando, dolorosamente, um quadro pintado por um grande amigo, prematuramente desaparecido, com este mesmo tema e estes mesmos tons.

aa disse...

Lindíssima imagem...! Com umas cores fantásticas!!!

Mª Angeles y Jose disse...

Expectacular...

Una imagen para que los sentidos disfruten.

Besos

laurinda disse...

Esta imagem merece um poema.

AMBER
Eavan Boland

It never mattered that there was once a vast grieving:
trees on their hillsides, in their groves, weeping--
a plastic gold dropping
through seasons and centuries to the ground--
until now:
On this fine September afternoon from which you are absent
I am holding, as if my hand could store it,
an ornament of amber
you once gave me.
Reason says this:
The dead cannot see the living.
The living will never see the dead again.
The clear air we need to find each other in is gone forever, yet
this resin
collected seeds, leaves, and even small feathers as it fell
and fell,
which now in a sunny atmosphere seem as alive as
they ever were,
as though the past could be present and memory itself
a Baltic honey--
a chafing at the edges of the seen, a showing off of just how much
can be kept safe
inside a flawed translucence.


Obrigada pelo momento.
Laurinda

Anónimo disse...

Tamanha beleza de cores,reflexos,
pontos de luz é...magia!
RP

Anónimo disse...

IDADE DE SER FELIZ

“ Existe somente uma idade para a gente ser feliz, somente uma época na vida de cada pessoa em que é possível sonhar e fazer planos e ter energia bastante para realizá-los a despeito de todas as dificuldades e obstáculos.

Uma só idade para a gente se encantar com a vida e viver apaixonadamente e desfrutar tudo com toda intensidade sem medo nem culpa de sentir prazer.
Fase dourada em que a gente pode criar e recriar a vida à nossa própria imagem e semelhança e vestir-se com todas as cores e experimentar todos os sabores e entregar-se a todos os amores sem preconceito nem pudor.

Tempo de entusiasmo e coragem em que todo desafio é mais um convite à luta que a gente enfrenta com toda disposição de tentar algo NOVO, de NOVO e de NOVO, e quantas vezes for preciso.

Essa idade tão fugaz na vida da gente chama-se PRESENTE e tem a duração do instante que passa. “

Mário Quintana

Muitos Parabéns!Feliz dia de Aniversário !

Um Abraço

Fátima

Teleobjetiva disse...

Hoje de manhã fiquei aqui navegando no seu blog ouvindo música e vendo céus lindíssimos...

JRonson disse...

é a primeira vz q visualizo o blog realmente adorei as fotografias q aqi estao :D muito boas e bastante artisticas, parabens

Magnolia disse...

É sempre um prazer passar por aqui....
Bj

Maria, Simplesmente disse...

VT:

Este lugar pelas belíssimas fotografias epela música é um lugar reservado à descontração.
Gosto de olhar estas belas perspectivas e só olhar...
Bom fim de semana
Maria

VT disse...

Agradeço todos os comentários - que foram muito "comandados" com o coração - e a "prenda" especial de FC. Aproveito para dar as boas vindas (e desejar que voltem sempre) a quem comenta pela 1ª vez.
Bem hajam.
VT