segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Desire

Encosto-me aos silêncios perfumados do cipreste como se colocasse o rosto sobre a melodia nas tuas ancas. Onde se inicia o desenho do sonho.

You and the Night and the Music- Patricia Barber 

7 comentários:

Abuela Ciber disse...

Te deseo que la semana que amanece te sea portadora de buenos momentos.

Cariños .
.
"No se llega al alba sino por el sendero de la noche."

Khalil Gibrán

Anónimo disse...

" Só há um principio motor: a Faculdade de desejar " (Aristóteles, in "Tratado da Alma")

" Só se tem uma coisa bem nossa, é o desejo"
(Rigaut, Jacques)

" A Cultura do Espirito identificar-se-á com a Cultura do Desejo "
(Dalí, Salvador)

O desejo é caracteristica dos seres finitos e imperfeitos, é um sentimento, uma atitude mental em relação ao mundo em geral ou a algo em particular e tem como finalidade a satisfação/o prazer.

Eles são Naturais ( necessários - desj. de felicidade, de tranquilidade etc e naturalmente o desj de prazer - nas areas fisiológicas, afectivas e/ou sexuais, etc ) ou Frivolos ( o desejo de riqueza, de poder, de glória ), ou ainda Irrializaveis ( como o desejo de voar como um passaro ).

Quanto mais intenso, mais forte será a vontade em realizar, levando á construção dos ditos "sonhos"........
Segundo a filosofia Budista, " o Desejo é o domininador , o factor da actividade dos seres..., o Homem não poderá viver sem ele..."

Fotografia simples e natural, com alguns indicadores muito interessantes que me levaram a desejar chuva para que se apaguem todos os incêndios que neste momento consomem o pouco que resta das nossas florestas, para que possamos continuar a sentir os cheiros dos eucalipetais e dos pinhais e assim possamos dar voz a beleza da poesia que existe em alguns de nós, naturalmente.

Desejo que HEAVENLY continue a nos brindar com estes momentos de grande intensidade poética, fotográfica e musical, com a natural sensualidade que já o caracteriza e que os seus desejos se cumpram.
Desejo, é uma palavra muito comum no meu vocabulário e que me dá muito prazer em usar......
Parabens pela escolha deste belo momento de jazz, com a voz sensualissima de Patricia Barber ( que alias não conhecia..)
Abraço
AC

Anónimo disse...

Não saibas: Imagina…
Deixa falar o mestre , e devaneia...
A velhice é que sabe, e apenas sabe
Que o mar não cabe
Na poça que a inocência abre na areia.

Sonha!
Inventa um alfabeto
De ilusões...
Um á-bê-cê secreto
Que soletres à margem das lições...

Voa pela janela
De encontro a qualquer Sol que te sorria!
Asas? Não são precisas:
Vais ao colo das brisas,
Aias da fantasia...

Miguel Torga

FC

Magnolia disse...

Por aqui continua , como sempre, tudo muito bonito....
Bj

Tina disse...

Um desejo perfumado, suave e doce,
nasce da brisa quente com cheiro a cipreste.
Uma voz sensual canta uma canção
exaltando a melodia
e a satisfação do desejo é urgente
antes que a noite caia
e a música termine.
E quando a luz de dia tudo envolver
que o desejo nunca deserte.
É a paixão que alimenta a vida.

JB disse...

E esse desejo fez-se sentir nessas palavras, os sentidos ficaram apurados e agora... resta o sonho!

Abraço

VT disse...

Gracias Abuela por las oportunas palabras (una semana buena tb para ti); Agradeço a AC o desejo sobre os desejos e as palavras supersimpáticas; a FC pela partilha de um momento poético brilhante do "nosso" Torga; a Simplicidade da Magnólia; a Tina pela Sensibilidade e pela poesia das suas palavras; a JB pelos sentidos apurados para descobrir o caminho dos sonhos.
Bem hajam
VT