quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Change

Recomeçaram, no início deste mês, as dragagens, para a manutenção da Aberta da Lagoa da Foz do Arelho, que numa 1ª fase terão como alvo o canal norte da Lagoa de Óbidos, de onde está prevista a remoção de 350.000m3 de sedimentos. Seria bom que se executasse também depois – o desassoreamento dos Braços da Barrosa (principalmente) e do Bom Sucesso. Entretanto a paisagem transforma-se no areal e na Lagoa onde as aves caçam intensamente pequenos peixes desorientados com as alterações do leito de onde é aspirada uma grande quantidade de areia e outros sedimentos.

A change is gonna come – Sam Cooke

8 comentários:

Anónimo disse...

υπεροχο !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Μακρυγιάννη Ελένη

Anónimo disse...

SERENO.
Paula Maldonado

Anónimo disse...

Daqui a uns tempos, julgo que esta bela foto, ficará na "terra dos sonhos".
Luísa Barbosa

Anónimo disse...

COITADINHA DA NOSSA LAGOA. SE NÃO LHE ACODEM ... O MAR COLOCA LÁ, A AREIA DA QUAL NÃO GOSTA.
Lurdes Enxuto

Anónimo disse...

Gosto muito. Um ângulo diferente do mesmo cenário que vejo todas as manhãs. Boas entradas em 2012.
Manuela Morgado

Mena disse...

Adorei a visita, as fotos!

manuela nascimento disse...

Óptimas imagens como sempre. Fui à Foz e apanhei um susto, só espero que as obras terminem rapidamente e que não estraguem a bela paisagem a que estávamos habituados.

Anónimo disse...

Sim, as mudanças virão!!! Que ninguem duvide da força da agua e da força do fogo ... Sabemos que o fogo se combate com o fogo (em contra-fogo), será que a agua não se "combaterá" de forma identica (???).O avanço do Mar sobre a costa é visivel, por isso seria quase ilógico pensar-se na morte da lagoa (por asfixia). Dado que é uma situação que se arrasta já há muito, se calhar mudar formas de abordagem do problema poderia dar outros resultados, mais consistentes ... (relacionando todo um conjunto de factores, que interveem na relação lagoa/mar/aberta - de uma forma mais dinâmica) digo eu!
A necessidade de "mudanças" é cada vez mais um requesito tanto a nivel individual como colectivo, implicando obrigatoriamente uma maior participação de todos ...
Gosto desta melodia, com seu jeito melancólico e reflexivo ...
Abraço
AC