segunda-feira, 9 de maio de 2011

The secret life of Óbidos Lagoon

A sul da margem nascente da Lagoa de Óbidos ainda se podem observar rochas erosionadas - pelo oceano - como se fossem segredos deixados pelo mar que a ocupava em grande parte nos finais do Neolítico.
In My Secret Life - Leonard Cohen

4 comentários:

Anónimo disse...

Mais um fascinante convite para partir em viagem à descoberta dos segredos da Vida.
E será que não há, dentro de cada um de nós, rochas erosionadas, de formas não menos contorcidas e marcadas, plenas de segredos bordados ou rasgados pelo caminho sinuoso que a nossa alma vai trilhando - ora cantando, ora chorando?
Lindo.

Obrigada.
MJM

Anónimo disse...

Se calhar é este um dos segredos da Lagoa!!!,...,o de uma "relação" ancestral com o Mar, num magnetismo que atrai e cativa facilmente quem dela se aproxima e por ela se deixa envolver,..., estarmos onde já esteve o Mar é sempre sentido de outra forma (digo eu),(...), - um dia, ele (Mar) voltará - ,...

Interessante a luminosidade que incide em grande (nuvens brancas) sobre uma rocha quase em forma de bola (que poderá representar uma especie de ovo gigante "estaladiço") e a proximidade (na foto) da aberta,..., em sentido descendente, restantes rochas, mais pequenas, mais erosionadas, querendo parecer e fazendo lembrar grandes répteis (da familia Alligator).

Bem conseguida a "personificação" de todo o ambiente captado, com esta melodia e pela voz de L. Cohen, de quem tive a oportunidade e o prazer de ver/sentir e que muito aprecio!!!
E assim continuamos, com belas "transformações",...(outras leituras/sentidos, existirão).
Abraço
AC

VT disse...

Obrigado MJM por alertar para a necessidade de partirmos constantemente em busca de nós próprios.
Obrigado AC pelas "deduções" relativas à imagem ao mesmo tempo que redescobre a relação com o mar.
Bem hajam
VT

Luciano Matos disse...

Lindas imagens amigo,parabens