sexta-feira, 29 de maio de 2009

The flight


Deito-me sobre a profundidade da Terra
Sobre o ritmo da areia e dos seixos
Sobre a vibração das sementes e das raízes
Sobre o silêncio e a densidade
Deixo-me envolver pela explosão das cores
E fico quieto perto das corolas das papoilas
A olhar as flores como se fossem estrelas diurnas
Até um insecto vermelho sobrevoar-me
E com o desenho do seu movimento integrar-me no foco da paisagem
VT

Welcome to my world – Dean Martin

3 comentários:

São Caixinha disse...

A fotografia está uma ternura e adorei o poema! Pode dizer-me quem é o poeta?

São

VT disse...

Obrigado São!
Escrevi o texto a propósito da foto. Quando não é escrito por mim vem com a referência do autor.
Para quando um livro com as suas excelentes caricaturas? Além das suas caricaturas terem um estilo muito próprio, os personagens surgem de frente o que é bem mais difícil do que de perfil. Para quando caricaturas também de personalidades públicas?
Muito obrigado pelo seu comentário.
VT

São Caixinha disse...

Faz realmente sentido que assim seja! Que conjunto tão feliz! Maravilhosas fotografias, ademais,esta série dos campos de malmequeres e papoilas! Os meus psrabéns!
Agradeço reconhecida as suas simpáticas palavras sobre as minhas caricaturas! Tentar novos temas neste campo...é um desafio!Quem sabe!
São