terça-feira, 23 de março de 2010

Gronho III

Gronho e praia da Foz do Arelho às 14h 28min de 23 de Janeiro de 2010
-

Written on the sky – Max Richter

4 comentários:

Anónimo disse...

Fotografia extraordinária, como tantas outras aqui presentes. A "Luz" visivel (em que o Sol, é a fonte), fenómeno natural, amplamente estudado por cientistas (Fisicos) desde a antiguidade, é e continuará a ser a "Constante", com uma trajetória, um "pulsar", "Vida", "Energia" e todo o mais significado que que lhe queiramos atribuir,...,que procuraremos descobrir/sentir, ou não..., mas que sem sabermos nos continuará a influenciar....Possivelmente em 2020, :), muitos estarão mais sensiveis a este fenomeno, muitos ainda não cultivaram esta sensibilidade; possivelmente "Gronho" e Foz do Arelho, continuarão, quase como "hoje", ou possivelmente não....mas a "Luz" essa continuará certamente presente e ainda muito inigmática......Um Post que "desperta", com a ajuda dos sons "batimentos fortes" do piano. Parabens!
Abraço
AC

Maria, Simplesmente disse...

Lindíssima fotografia, belíssima a luz, vi este fenómeno aqui, há pouco tempo, mas só eu feita parvinha olheva o céu.
Tinha vontade de abanar as pessoas que passavam por mim e dizer-lhes levantem por um pouco os pés da Terra e olhem o Céu...
A indiferença era total... serei eu a "maluquinha"...?
Boa semana
Maria

Cleópatra MP disse...

A fotografia é de facto muito interessante. Dispensa mais palavras.

A escolha do compositor contemporâneo Max Richter é perfeita para ilustrar o que se sente ao olhar a imagem. Seja com o tema aqui escolhido, seja com alguns outros da mesma autoria.

Um abraço.

VT disse...

Um grande abraço a AC, Maria e Cleópatra pelos comentários. Bem vindos ao clube dos "maluquinhos" que reparam na luz sobre as coisas. Os q não vêem não sabem o q perdem.
Bem hajam
VT