quinta-feira, 18 de junho de 2009

Ebb tide


A propósito de um post anterior (25 de Maio) sobre a famosa “Unchained Melody”, citei o cantor Roy Hamilton que para muita gente interpretou, em 1955, a melhor versão da música que viria a ser um enorme sucesso, em 1965, pelos Righteous Brothers. Aliás, em meu entender, a versão deste conjunto segue de muito perto a de Roy Hamilton.
Roy Hamilton (1929-1969) foi um cantor negro de sucesso interpretando R&Blues e música pop na década de 1950. Fora campeão de boxe (pesos pesados), tinha uma voz operática com experiência em “gospell” e, após uma breve passagem (1947) pelo conjunto “Searchlight Singers”, começou a gravar em 1953. Nesse ano o single "You'll Never Walk Alone", tornou-se um êxito R&B (nº 1 durante 8 semanas) entrando no Top 30 dos EUA em 1954 e lançando Roy nos braços da fama.
Seguiram-se, em 1954, "If I loved you" (nº 4 R&B), "Ebb Tide"(nº 5 R&B), e em 1955: "Hurt" (nº 8 R&B), "Unchained Melody (nº 1 R&B, nº 6 pop), e "Don’t Let Go" (nº 2 R&B, nº 13 pop). O seu estilo influenciaria quer o fantástico “shouter” Jackie Wilson, quer Roy Brown quer os próprios Righteous Brothers.
Após anunciar, em 1956, a sua retirada (por cansaço) dos palcos, fez poucas reaparições (“You can have her” em 1961 e o album “Mr. Rock And Soul” em 1962) e acabaria por falecer aos 40 anos, em 1969, após acidente vascular cerebral e após ter executado as suas últimas gravações nesse mesmo ano.
“Ebb Tide" é uma canção escrita em 1953 por Carl Sigman com música de Robert Maxwell.
Foi gravada múltiplas vezes, nomeadamente por: Frank Chaksfield & Orchestra (1953), por Vic Damone e Frank Sinatra (1958), The Platters (1960), Lenni Welch (1964) e os Righteous Brothers (1965). Mais uma vez se repete quase a história de “Unchained Melody”. Isto é, após Roy Hamilton acabam por ser os Righteous Brothers que obtém a versão mais conhecida (nº5 nos EUA). Ainda há versões significativas de Jerry Colonna, Earl Grant e de Matt Monro. Mas a versão que gosto mais ainda é esta de 1954 cantada por Roy Hamilton - na qual surge uma harpa tentando fazer lembrar o movimento de vai e vem do mar.
VT
Ebb Tide – Roy Hamilton

1 comentário:

Submarino Amarelo disse...

Há um argumento mais a favor da tese do Vasco de que é na versão de Roy Hamilton que Phil Spector se inspira: depois do êxito de Unchained Melody, Spector escolhe para gravação seguinte dos Righteous Brothers precisamente Ebb Tide.
O mesmo Phil Spector que que foi há dias condenado a prisão perpétua pelo assassinato de Lana Clarkson, em 2003.