sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Boat my dream


My Ship Is Coming In - The Walker Brothers 

5 comentários:

Anónimo disse...

Flor do Sol, em que nada é desperdiçado, resistente, magestosa, energética, plena de vida, que pode florescer durante todo o ano....

Gira-sol, flor de comportamento muito curioso, gira sempre em procura do Sol ( Luz,Calor...) sua fonte de energia, seus "olhos" contemplam os céus.....
Gosto particularmente desta foto, pelo contraste entre Céu e Terra, entremeado pelos girassois e um pequeno barco ( de sonhos, talvez abandonados ).

Na vida irei procurar sempre ser Aprendiza de Gira-sol, impondo-me viragens, viagens e recomeços...,"embarcando e embarcando-me" nos meus desejos.
Belissimo! Nostalgico, talvez!
Abraço
AC

cristina horta disse...

Cada pessoa vê a sua própria verdade. Cada imagem suscita uma leitura única de cada um.
Nesta última foto do teu poético blog, vejo o contraste entre os sorridentes e efémeros gira-sóis e a terra seca.
Em breve as altaneiras flores vão também secar e a terra árida unifica-se e estende-se a todo o país: terra queimada.... Haverá esperança para um país que é sucessivamente devastado pelo fogo, pelos fogos, pela incúria, pela indiferença? Talvez o barco nos salve. Beijinho e desculpa a tristeza, mas a culpa foi dos gira -sóis que não são eternos. Cris

Tina disse...

Sobre a terra de cor queimada que pisamos, navega o barco da nossa vida e sobre ela florescem girassóis, que se abrem ao astro-rei, seguindo-o sem piscar os olhos. Ao som da música que nos empolga, o nosso barco vamos impelindo sob a abóbada celeste, lutando contra as más marés que podem conspurcar o azul. Deixemos o sonho comandar o barco.

teca disse...

Das sementes virão outras flores da luz... navegue nos sonhos sem medo!

Beijos.

VT disse...

Agradeço as palavras super-simpáticas de AC, Cristina, Tina e Teca e as interessantissimas interpretações de cada. De facto cada pessoa terá a sua.
Devo dizer que me seduziu de imediato a paisagem pelas possibilidades estéticas nela contida. E foi um prazer estar completamente deitado no chão para colher a imagem de modo a que os gira-sóis se destacassem contra o azul celeste e surgissem como que transportados (como sonhos) por um barco velho surrealisticamente vogando no meio
do campo. Com o enquadramento fiz-lhe a vontade de partir e chegar ao mesmo tempo.
Bem hajam
VT