sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

Return to Paradise

 
Return to Paradise - Shirley Horn

8 comentários:

Tina disse...

Excepcional o contraste entre claros e escuros! O barco ao centro salienta a sugestão de uma romântica evasão. E a envolvência da linda voz cálida traduz em tom swing o convite. É uma imagem tão equilibrada que sinto a ambiência invadir-me por osmose. E fico também romântica...

"Evasão

Aqui me encontro
vestida de luar
e bebendo o sal da vida.
No mar que me alimenta
o barco balança
e embala-me os sonhos.
Venho lavar a alma
na pureza que almejo
e despertar para a vida.
O horizonte espera-me
e a ilha mágica
é o porto de regresso."

Obrigada por esta linda e tão sensível partilha, Vasco!

Pedro Ferreira disse...

belíssima imagem... transmite solidão, serenidade e perseverança...

Viaggio Mondo - assessoria comunicação disse...

Olá, VT!

Seu blog é muito bom, adorei!

Quero aproveitar para te convidar a conhecer meu blog também e participar da Promoção 1001 Seguidores. Como prêmio você pode levar para casa uma das agendas 2011 recheadas de fotos dos mais de 40 países que visitei! Se quiser, traga também seus amigos e leitores! :D

Aguardo você! :)

Bjos!

Maria, Simplesmente disse...

VT:

Como eu gosto deste seu lugar...!
Maria

Anónimo disse...

...., entre a Terra e a Agua, na "borda", os pequenos montinhos de areia ainda molhada...,parecendo pequenas carapaças,... curvo-me perante (!) e pinto desenhos imaginarios....., ao longe ouço o fundo do Mar que se mistura com sons de algumas notas de uma viola dedilhada por movimentos ritmados que acompanham o vai-vem das ondas....., ergo o olhar, no colo do seu braço, o barco estacionado que em breve se elevará acompanhando a subida do Mar e as pinturas e desenhos ficarão seus segredos...

Gosto particularmente do enquadramento dado a esta foto, de uma subtil sensualidade, conjugando linhas e traços, elementos vários, permitindo leituras e opiniões quiça interessantes...., gosto do tom ligeiramente amarelado da Luz que serve de ponto de orientação, ( uma Energia Magica ).
Assim é, a Beleza da Lagoa, em todas as suas fases independentemente da estação do ano - a Pureza da/na Sedução.
Lagôa sem Mar, seria Lago...
Abraço
AC

SKIZO disse...

I enjoyed your
work very much

cristina horta disse...

Muito Silêncio, e solidão, mas uma solidão sem dor, uma solidão "descansada" calma, em que a alma e o corpo se fundem no cosmos.

Lindo, Vasco, um grande beiji nho. cris

VT disse...

Obrigado Tina. Precisamente. A foto é a Preto e Branco para ressaltarem os contrastes que a integram. No entanto o enquadramento é determinante. O barco aponta em direcção à luz como quem indica um caminho de evasão. Outro Paraíso ou o Paraíso já é o local onde o barco se encontra? Talvez o (inexorável?) regresso a uma vida simples e mais perto da Natureza - numa época que está em questão a Sociedade e o modo de vida das pessoas.
Obrigado PF pela generosidade do comentário. Sobretudo vindo de quem faz e ama a fotografia.
Obrigado Viaggio pela presença e palavras simpáticas.
Obrigado Maria pela simplicidade perfeitamente adequada à intenção da foto.
Obrigado AC pela companhia e criatividade do seu comentário. Como já referi antes - o enquadramento é determinante. Desde o local da foto em que se encontra o barco, até à obtenção do diálogo entre as formas e os contrastes (não existiriam se modificasse o ponto em q a foto foi colhida).
Thanks Skizo for your nice words. You´re wellcome.
Obrigado Cristina pelo teu comentário pleno de sensibilidade e de saber ver (treino de muitos anos como Directora de Museu).
Bem hajam
VT