sexta-feira, 29 de outubro de 2010

A lua na lagoa

Recanto do Braço do Bom Sucesso na Lagoa de Óbidos, no final do dia, com o céu e a lua reflectindo-se na água.

Songs from a world apart  (Tchinares) - Levon Minassian & Armand Amar 

7 comentários:

J J disse...

Continua a "colecção" de magníficas imagens da Lagoa, obrigando a redescobri-la mesmo os que com ela convivem há muito tempo.

Particularmente feliz o tom azul que domina a fotografia e, como sempre, a perfeita sintonia com a música.

Sei que não comento tantas vezes como os posts justificariam, mas continuo um visitante assíduo.

Abraço.
JJ

Multiolhares disse...

A praia do Bom sucesso tem lugares magicos
beijos

teca disse...

Tão bonita a lua na lagoa... a música é pra acalmar a alma...

Ando tão atarefada... vir aqui me fez um bem danado.

Obrigada por compartilhar essa paz.

Beijos ternos.

Tina disse...

Um mergulho na tranquilidade celeste da lagoa para melhor admirar a lua. As coisas mais belas do mundo são tão simples!
A melodia, como de costume, tão perfeitamente adaptada à bela imagem que nos trazes!

Anónimo disse...

Profundamente Belo e Divino!
A Beleza será o que nos toca por dentro, tanto pela forma como pelo conteudo, o que ao mesmo tempo nos pode preencher e fazer sentir um "vazio"..., pode ser melancólica, triste, saudosa..., muito do que pensamos não existir em nós (muitas vezes por negação explicita, como se fosse anormal sentirmos "assim"......).
Momento unico de despedida e ao mesmo tempo de re-encontro ( do sol, com a lua), com as diferenças de luminosidade e de intensidade, resultando em diferentes tons de azuis....
Mais uma vez me espanto e quase me assusto com o Poder do que é Simples e Natural. Talvez não sejamos capazes de "suportar" tanta Beleza.....

Gosto da projecção da Lua na Lagôa Azul, que em breve será de côr prateada, acentuando o seu lado feminino e romântico, convidativo ao Encantamento, ...assim........

Agradeço o momento no seu conjunto e não posso deixar de referir a conjugação feita com a musica escolhida, criteriosamente, que facilmente me transportou sublimemente...., a um mundo muito interior.....

AC

Anónimo disse...

"The moon in the lagoon" e a belíssima melodia transportam-nos a uma dimensão quase etérea,numa lagoa bem terrena,no seu estado natural diria, até,selvagem.
A "natureza" do BELO!

MV

VT disse...

Obrigado JJ. Sei da tua solidariedade e interesse. O tom azul é a cor do (ainda) azul do céu a reflectir-se na água já que o sol e a lua coexistiam naquele final do dia. A água da lagoa não tem aquela cor...
Obrigado Multiolhares por nos acompanhar.
Obrigado Teca. Fico feliz por alguns dos "posts" terem esse efeito "terapêutico"...
Tal e qual Tina. "Are you reading my thoughts"?
Obrigado AC pela sensibilidade expressa e pela reflexão muito interessante e poética.
Obrigado MV. Sempre com as palavras certas. É sempre um gosto especial quando apareces por aqui.
Bem hajam
VT