segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Mystic voyage

Pormenor da margem do Braço do Bom Sucesso na Lagoa de Óbidos
.

Hoa Thơm Bướm Lượn (Perfumed Flowers, Butterflies Fly around) - Hương Thanh 

6 comentários:

teca disse...

Que delícia de som... venho aqui e relaxo... isso é muito bom!

Observar e escutar...

Beijos...

Tina disse...

As formas que predominam enquanto se medita à beira do lago, numa introspeção saudável... E a música induz-nos à meditação, em sons onomatopaicos bem adequados ao ambiente em redor.
Obrigada, Vasco, por este momento de recolhimento.

rancour disse...

sons muito tranquila e cheia de felicidade, obrigado por esta encontrar:)

Anónimo disse...

A Lagoa do Bom Sucesso é assim! Uma incógnita. Por vezes branda, calma, azulinea.Outras, manifesta-se (como neste fim de semana), lamacenta.Identifica-se por vezes com um sorriso triste escondendo uma lágrima falsa.É como entender as fases da Lua, por ter as suas próprias fases.
É ser "nova", quando espera por algo inesperado.
Ser "crescente" quando o seu leito se está enchendo de amor.
Ser "cheia", quando esse amor a transborda.
"Minguante",quando esse amor vai embora.
É uma dádiva.É ter dentro de si um tesouro escondido a ainda assim dividi-lo com o Mundo!.
Musica a convidar à reflexão.
LB

Anónimo disse...

Inigmática, Misteriosa, comunicação, por isso talvez tão fascinante!

Usando os "pontos", os "traços" e os "espaços", para representar sinais visuais, ondas sonoras (mecânicas), atravez do electroíman, S. Morse criou há mais ou menos dois séculos o código Morse, muito importante na comunicação entre o Mar e a Terra, utilizando o Telégrafo.....

Um código Morse, da Natureza, poderia ser um registo de milhões de anos que quase o tornaria de impossivel leitura e compreensão..., aqui caso fosse possivel expandir um pouco a imagem, poderiamos visualizar a comunicação dos passaros neste intenso chilrriado inicial e outros sons (começando da direita para a esquerda) chegando ao ponto de maior intensidade de Luz, em que a leitura do codigo será mais clara.....( A agua com os reflexos das fiteiras, uma linha divisória levemente marcada e a vegetação real, seriam metaforicamente os três protagonistas desta comunicação/linguagem).
Se calhar é este o resultado que a Natureza espera de nós, relativamente ao que nos comunica a cada segundo nas mais diversas formas de "sinais/simbolos", a que normalmente não damos atenção, evitando reflectir sobre......(Devo este "legado", a um prof. especial de Filosofia, de ascendencia Indiana, que tinha por caracteristica, lecionar ao ar livre, em parques, acompanhado do som de uma viola..., que nos ensinou a pensar e a sentir - Filosofos e grande parte das correntes filosoficas foram dadas assim, em "reflexão" directa com a Natureza, - considerado o livro por excelência).
Um código Morse da Natureza, numa "viagem" mistica atravez dos tempos....talvez, post fascinante!
Agradeço
Abraço
AC

VT disse...

Obrigado Teca, Tina, rancour, LB e AC. É bom sabermos que para algumas pessoas o Heavenly é "porto de abrigo" onde se sentem bem e onde os "posts" induzem à reflexão, meditação ou ao "império dos sentidos"...
Gosto de gostar que gostem.
Esta foto é um "exercício" a preto e branco que visa obter um resultado final semelhante a um desenho oriental a tinta da china. Os chineses têm uma sensibilidade especial para reproduzir detalhes delicados da Natureza.
Bem hajam
VT