quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Our Time



Villanelle for Our Time - Leonard Cohen

12 comentários:

Anónimo disse...

Simplesmente....HEAVENLY!
MV

mariabesuga disse...

A voz de Cohen em sintonia com o espírito que se sente dentro da alma da fotografia...
-Perfeito!...

Um abraço

Anónimo disse...

Lindo enquadramento dos elementos campestres com o mar na linha do horizonte.Postal ilustrado para os nossos álbuns...
Uma "villanelle"-que requinte!Como sempre a música está em sintonia com a imagem.

Não estarei completamente só,enquanto tiver o mar por perto!
RP

Magnolia disse...

E podiamos estar ali no meio daquela foto a escutar o leonard... Pra mim seria o momento perfeito
Bj

amatamari© disse...

Beautiful photo and L. Cohen.
is really a good choice!

Anónimo disse...

Villanelle
When the new season comes
When the cold shall have disappeared,
The two of us will go, my lovely,
To gather lillies-of the-valley in the woods.
Beneath our feet loosening the dewdrops
That one sees trembling at morn,
We'll go listen to the blackbirds
Chatter.

Spring has come, my lovely,
It's the month of blessed lovers
And the bird, preening his wing,
Sings his verses from the edge of the nest.
O, come then to this mossy bank
To talk of our sweet loves,
And say to me in that voice so sweet:
"Forever!"

Far, far, straying from our way,
Causing the hidden rabbit to flee,
And also the deer at the mirror spring
Admiring his great antlers;
Then we, altogether happy and content
Entwining our fingers like a basket,
Will go homeward bringing strawberries.

Théophile Gautier

FC

Submarino Amarelo disse...

Francis Reginald Scott, o autor das palavras que Cohen diz sobre esta improvisação vagamente jazzistica, é um político e intelectual conservador canadiano. É curioso como um poeta como Cohen decide usar as suas palavras nesta fase da sua carreira...
Suponho que aos setenta anos se sinta no direito de fazer o que lhe apetece, incluindo defender Guantanamo e nós não o apreciamos menos por causa disso.
Mais uma excelente fotografia e um excelente casamento imagem/som.

maria disse...

Palavras que dizem tudo.
A foto algo triste, mas bela.
A música acompanha este sentir de Alma.

Um abraço.

VT disse...

Agradeço todos os comentários que são sempre uma enorme mais valia para o Blog.
Também me deu um prazer muito particular "construir" este post a partir da fotografia com o 1º plano em destaque, e um 2º plano (caminho) que nos leva ao 3º plano (Mar/horizonte). O tom "quente" que utilizei sugere calor para uma paisagem "abandonada" como muitas outras nos tempos que atravessamos (our time). Cohen e o tema musical "encaixaram" naturalmente.
Há muitas paisagens (e muitas pessoas)isoladas em frente ao horizonte à espera que lhes estendamos a mão.
Um dia vamos todos encontrarmo-nos no meio desse lugar.
Bem hajam
VT

Margarida Araújo disse...

..........................
esta voz de veludo
que nos fala de quando novas estações vêm
e levo sabor de morangos
e um olhar em tons de sépia
.................................

fatima disse...

Profundo e arrepiante este último comentário de VT. Seja!

Neves disse...

Que bom poder no silêncio e na quietude sentir tanto

Rosarinho