sexta-feira, 9 de outubro de 2009

Colours


Colours - Donovan

7 comentários:

Magnolia disse...

É sempre um prazer imenso....

Anónimo disse...

Que fantástica "explosão" de cor!Donovan, com o seu quê de campestre em "Colours", interpreta muito bem esta colorida paleta.
Um excelente mote para celebrar a Vida e o que ela nos oferece todos os dias,é só saber OLHAR!
Celebremos então:
"In the mornin' when we rise
That's the time, that's the time"
MV

Anónimo disse...

Um Hino à Alegria de Viver!
A beleza cromática da imagem é realçada pela cor vermelha,evocando alegria,energia,optimismo,paixão,e misturada com a cor verde,sua cor complementar,intensificam-se mutuamente e quase parecem vibrar.
A maravilhosa composição musical engloba todos os atributos referidos e na sua essência chama a nossa atenção para o privilégio de vivermos na mais Admirável Obra de Pintura.
RP

VT disse...

É também sempre um prazer ler os comentários de Magnólia, MV e RP. Obrigado pela companhia, sensibilidade, atenção e espírito.
Bem hajam
VT

Submarino Amarelo disse...

Já aqui foi referida e realçada a tentativa de Donovan de associar cores e estados de espírito, tema que lhe é caro e que ele exploraria noutros temas. A associação foto/tema funciona bem neste caso.
Esta composição Colours é de 1965, a versão apresentada é a segunda, incluída no álbum FAIRYTALE (Outubro), e não o single editado em Maio. Esta canção seria gravada uma terceira vez pelo autor, numa versão eléctrica, numa tentativa de conseguir com ela um hit nos EUA, o que nunca aconteceu.
"Sunshine Superman" e "Mellow Yellow", no ano seguinte (1966), compensá-lo-iam largamente do imerecido falhanço comercial deste "Colours".

VT disse...

Um abraço de agradecimento ao Submarino pelo seu contraponto musical que é sempre uma mais valia neste blogue.
VT

luisa - fotografia disse...

Gostava de saber como as consegue pintar como se de um quadro se tratasse.Lindissima !