sábado, 17 de outubro de 2009

Margem

Gymnopedie No. 1. – Erik Satie

12 comentários:

Kotta1947 disse...

Esta foto é um arranjo feito por mãos sem defeito que é a natureza. Plumas enquadradas num ambiente que as faz sobressair, o verde. Bem bonita esta foto.Abraço

Anónimo disse...

Quando me deparei com este post pensei não ser capaz de comentar pelo deslumbramento imediato perante a “força” da foto, que me emudeceu. Pensei também que quaisquer palavras não seriam mais valia para um eventual complemento.
Tudo parecia estar lá: o impacto “esmagador” da Imagem que não se resume a simples foto, sugerindo pintura de Mestre, tela perfeita…A música que a acompanha veio sustentar a minha ”tese”…da incapacidade de comentar…impondo-me apenas o Silêncio.
Mas, de súbito pensei: o Autor merece as palavras de admiração, reconhecimento e de homenagem pela Beleza do seu Olhar. De facto, a Natureza é Bela e “esmagadora” de per si, mas, captada desta forma, só por Alguém Especial…

Até Alberto Caeiro parece concordar comigo:

"Todas as Opiniões que Há sobre a Natureza
Todas as opiniões que há sobre a Natureza
Nunca fizeram crescer uma erva ou nascer uma flor.
Toda a sabedoria a respeito das cousas
Nunca foi cousa em que pudesse pegar como nas cousas;
Se a ciência quer ser verdadeira,
Que ciência mais verdadeira que a das cousas sem ciência?

Fecho os olhos e a terra dura sobre que me deito
Tem uma realidade tão real que até as minhas costas a sentem.
Não preciso de raciocínio onde tenho espáduas."

Muitos Parabéns!

FC

Magnolia disse...

Amei......

Anónimo disse...

DESLUMBRAMENTO...
Magnífica fotografia de uma margem do Lago,pela beleza dos elementos captados,pelas cores e tonalidades,pelos maravilhosos
reflexos na água.
A beleza da música complementa o meu fascínio por este post.SINCEROS PARABÉNS!!!
RP

Anónimo disse...

Que belíssimo “à beira-lago”!
Sobressaem as alvas “erva-das-pampas” abraçadas por um protector tronco de árvore...cisnes brancos, prestes a vogarem nas águas calmas do lago, ao som das igualmente calmas “notas” de Gymnopédie-que perfeição e simplicidade!
O facto de a construção do Parque e de este tema para piano de Erik Satie serem coevos, um apontamento interessante, digno de registo.
Felicito-o!
MV

Isabel disse...

Lindissima fotografia...mágico momento!
Parabens Vasco

cx disse...

Esplendida fotografia em gratificantes tonalidades de uma paisagem encantadora, promotora de sonhos... o paraíso ao alcançe!
Muitos parabens!
São

João Ramos Franco disse...

Estou oculto, olho a "Margem" e observo o fotógrafo...
Um abraço amigo
João Ramos Franco

luisa - fotografia disse...

Belissima!

VT disse...

WOW! Nem sei que dizer de comentários tão fantásticos recebidos. A minha admiração e reconhecimento também por palavras tão bonitas. Mágico momento de convivialidade aqui no Heavenly a propósito desta Margem...
Bem hajam
VT

Jill disse...

How perfectly connected are your minds eye and your heart. Lindo.
JEM

VT disse...

Thank you Jill! The Beauty is in your minds eye also.
VT