segunda-feira, 13 de julho de 2009

Grupo



Every time we say goodbye – Dinah Washington

8 comentários:

Anónimo disse...

Suddenly...no remanso do "espírito de lugar".
MV

alice atras do espelho disse...

Gosto desta fotografia! É daquelas que nos deixa "sentar" um pouco na imaginação e olhamos para o que este vazio representa. Gosto definitivamente!

Bjs

VT disse...

Um abraço MV...e um beijo para a filhota que tem toda a razão. É uma das fotos que gosto mais - não só pela composição e jogo de formas repetidas no preto e branco mas... porque pode por as pessoas a pensar... e cada uma encontrar significados ou histórias diferentes.
VT

JJ disse...

Avionetas,sabiam que era assim que se chamava a estas cadeiras onde namorámos horas a fio no Parque na década de sessenta?

Anónimo disse...

JJ, eu conheço estas cadeiras giríssimas pelo nome de "avião".Recordo-me delas aí nas Caldas,nas Caldas da Felgueira,Curia.Creio ser um "modelo" de cadeira existente na generalidade das estâncias termais.
MV

VT disse...

Também são conhecidas por cadeiras "de aviador" e são "tradicionais" no Parque da Estância Termal das Caldas...
Atente-se no entanto que dentro do grupo, na foto, há subgrupos. Vários de 2 cadeiras, um com 3 e há uma isolada em 1º plano. Que histórias possíveis a partir desta provocação para construção de um guião sobre as cadeiras vazias? A que está em primeiro plano espera pelo observador?
VT

Anónimo disse...

Sobrava espaço...por isso ficou sózinha!Assim o diz este belo poema que até alude à "ENCOMENDA" de uma fotografia...

Desejo uma fotografia
como esta – o senhor vê? – como esta:
em que para sempre me ria
com um vestido de eterna festa.

Como tenho a testa sombria,
Derrame luz na minha testa.
Deixe esta ruga, que me empresta
um certo ar de sabedoria.

Não meta fundos de floresta
nem de arbitrária fantasia...
Não...Neste espaço que ainda resta,
ponha uma cadeira vazia.

Cecília Meireles, Vaga Música
MV

Anónimo disse...

Muito interessante esta fotografia!! Não só a cadeira de observador está vazia, como todas as outras, tambem estão vazias...:)Hummm...neste caso, o acompanhamento musical dará uma grande ajuda...As cadeiras já estavam nesta disposição, ou a disposição foi criada pelo Artista?
Bem, naturalmente, um grupo de cadeiras para um grupo de pessoas, as que estão ao nosso lado, mais proximas ou mais afastadas, conforme o significado/importancia que tem para nós...,fisicamente mais distantes, poderão representar as pessoas que de alguma forma partiram, (cadeiras "vazias")....
Muito pertinente o Tema deste post, e que pode suscitar muitas inquietações.
Parabens pela provocação...:)
AC