terça-feira, 22 de setembro de 2009

Árvore Centauro

Este cedro imponente, qual centauro de madeira, é uma das mais antigas e importantes da Mata das Caldas da Rainha. Terá mais de 300 anos e só algumas pessoas de mãos dadas conseguem abranger o seu tronco. Faz parte de um núcleo restrito de árvores ilustres e mais “veneráveis” que integra aquele espaço verde de grande importância local (o aquífero de água termal com características singulares – à escala planetária – percorre o seu subsolo), e que serão tema de futuros “posts”, onde merecerão destaque, também, um pinheiro manso e um carvalho que já existiam desde a mesma altura, portanto muito antes da requalificação efectuada pelo Administrador do H. Termal, Rodrigo Berquó, no final do séc. XIX. Situa-se junto ao topo norte do jardim da Rainha e é, certamente, um dos “tesouros” a respeitar e acarinhar de um modo especial dentro da Mata Rainha D. Leonor. Há quem diga que o cedro cresceu tanto porque conversa, lá de cima, com os deuses. Quem o abraça fica convencido.
VT

Mythodea, Movement 5 – Vangelis com Kathleen Battle

12 comentários:

SightXperience disse...

Tenho um carinho especial pelas árvores.
Perante algumas árvores carismáticas, como esta, é mesmo impossível ficar indiferente. O tempo passa à sua sombra...tantas tormentas suportadas, em silêncio!

Parabéns pelo post.
Excelente este seu espaço.

Anónimo disse...

Árvore Rumorosa

Árvore rumorosa pedestal da sombra
sinal de intimidade decrescente
que a primavera veste pontualmente
e os olhos do poema de repente deslumbra

Receptáculo anónimo do espanto
capaz de encher aquele que direito à morte passa
e no ar da manhã inconsequente traça
e rasto desprendido do seu canto

Não há inverno rigoroso que te impeça
de rematar esse trabalho que começa
na primeira folha que nos braços te desponta

Explodiste de vida e és serenidade
e imprimes no coração mais fundo da cidade
a marca do princípio a que tudo remonta.

Ruy Belo

FC

amatamari© disse...

Is magnificent.

alice atras do espelho disse...

Uma bela "perspectiva" desta marivilhosa árvore, por parte de VT =) onde originou um "post" muito inspirador de facto.

Bjs do outro lado =P

Anónimo disse...

Belíssimo ambiente musical homenageando a longevidade,imponência e raridade deste CEDRO determinado em testemunhar a sucessão de gerações.
RP

Anónimo disse...

Como diz a balada de Coimbra "hei-de levar-te ao céu"...a belíssima voz,quase celestial, da soprano Kathleen Battle,convida o tricentenário cedro a elevar-se aos céus!
Felicíssima composição.Belíssima sinfonia,"Mythodea",em dia de aniversário de "Heavenly".
As minhas saudações ao Autor do blogue.
MV

Eva Gonçalves disse...

É impossível ficar indiferente perante este majéstico ser...temos a noção perfeita da nossa pequenez perante a natureza, por mais que a domemos, ela ultrapassa-nos ...

cx disse...

Trees

I think that I shall never see
A poem lovely as a tree.
A tree whose hungry mouth is prest
Against the earth's sweet flowing breast;
A tree that looks at God all day,
And lifts her leaf arms to pray;
A tree that may in summer wear
A nest of robins in her hair;
Upon whose bosom snow has lain;
Who intimately lives with rain.
Poems are made by fools like me,
But only God can make a tree.

by Joyce Kilmer

Suponho que esta prespectiva
acentua a idade desta árvore magnifica...mas simultânea e curiosamente transforma-a numa figura quase patusca...e sensibilizou duplamente!

Parabéns, neste dia de
aniversário!
cx

TERESA SANTOS disse...

Esmaga-nos, este cedro, pela sua imponência.
As árvores representam, na minha perspectiva, uma ligação perfeita entre o telúrico e o divino. Mais do que as flores, as árvores inspiram-nos respeito, talvez porque vejamos nelas um "porto de abrigo" consubstanciado naquela vida plena de exuberância.
Que venham as outras...

Abraço.

Rodrigo disse...

Meu seu blog é show, not°10 desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo
Um grande abraço
http://maximumforma.blogspot.com/

Magnolia disse...

Sempre achei que se enterrarmos os pés na terra e ficarmos ali quietos nos transformamos em arvores...
Bj

VT disse...

Para além de agradecer os comentários de todos e os parabéns pelos 5 meses do Heavenly, gostaria de dar as boas vindas a novos comentadores: Sightexperience e Rodrigo. Aproveito para saudar o novo Blogue da São Caixinha que aqui também comenta e desejar que seja uma boa experiência de riatividade e partilha.
Bem hajam
VT