segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Anoitecer na Lagoa

In a sentimental mood - Abdullah Ibrahim

8 comentários:

luisa - fotografia disse...

Belissima foto, com o contraste ao fundo de um sol a desaparecer no horizonte, e um cinza de toda uma paisagem maravilhosa.bjo

Anónimo disse...

Este "Anoitecer na Lagoa",belíssimamente bem fotografado,ganha luminosidade com estas doces mas fortes e "cheias" notas de piano!
Mais uma felicíssima conjugação,felicito-o.
MV

Eva Gonçalves disse...

Lovely photo, great atmosphere. I've always been a Dollar Brand fan! I love Abdullah Ibrahim's own music. Interesting version of this legendary theme. Good stuff here, as usual.

Anónimo disse...

Era já tarde,
Solitariamente, saí com destino marcado,
Pois a quietude da quase noite transcendia-me,
Enviando-me para um lugar p´ra mim, não inusitado.

O Sol irradiava ainda as faíscas do poente
e da terra emanava um calor ameno e generoso.
A Lagoa espelhava reflexos brilhantes que se uniam a outros,opacos, do anoitecer.
Transparecia vida…
Rescendia a vegetação predominante: mítica, esplendorosa, bela, em sua efémera intensidade.

Senti o enlevo do espectáculo reinante…
Contra o fundo de um Céu desgrenhado ,
soltando os seus caracóis grisalhos no horizonte,
as nuvens moviam-se em compassos sonolentos,
dedilhando a música Outonal do entardecer.

Ao longe, teclas de um piano ondulavam suavemente
como os braços da preguiça em indolente bocejo…
Like…In a sentimental mood…

FC

Magnolia disse...

Um céu sem cor que promete tanta coisa...perfeito como sempre..
Bj

VT disse...

Este blogue tem a felicidade de ter comentaristas excelentes como é o caso da Luísa com o seu saber fotográfico, da capacidade de observação e descriptiva de MV, da expontaneidade da Eva, da sensibilidade da Magnólia e de FC que nos traz habitualmente boa poesia de poetas conhecidos, e que hoje nos brinda com uma poesia da sua autoria! (para quando um blogue próprio?).
Bem hajam
VT

Anónimo disse...

Muito Obrigada pelas simpáticas palavras. O meu comentário a este post sob a forma de uma tentativa de “prosa poética” surgiu da contemplação de uma excelente fotografia, que aqui encontrei , de mãos dadas com uma bonita melodia, perfazendo um “cenário perfeito”.

Quando a fonte de inspiração é sublime e o estado de espírito de quem comenta é pela mesma despertado, as emoções não resistem e transparecem…

Quanto a um eventual blogue, de momento não se vislumbra no horizonte…talvez um dia…
Obrigada pelo estímulo.

FC

Anónimo disse...

Finalmente, já tinha passado pelo post algumas vezes em vão, pois n conseguia ouvir a musica, entretanto ia-me "perdendo" por outros..., mas sabia que mais cedo ou mais tarde, o viria a encontrar. Que bom que é poder ouvir/ver e sentir tudo isto, uma perfeita simbiose, que por momentos nos "invade"...e ultrapassa todas as fronteiras do impossivel....
AC