segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Rain on the window

Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol.
Ambos existem; cada um como é.
(Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos" )

 
Gentle rain – Astrud Gilberto 

We both are lost and alone in the world
Walk with me in the gentle rain
Don't be afraid,
I've a hand for your hand
And I will be your love for a while
I feel your tears as they fall on my cheek
They are warm like the gentle rain
Come little one you have me in the world
And our love will be sweet
Very sweet
Come little one, you got me in the world
And our love will be sweet
Very sweet, very sad
Like the gentle rain
Like the gentle rain

14 comentários:

Caçador disse...

Olá
Chego aqui pela primeira vez. Encontro um sítio muito interessante, bom gosto, textos, fotos e música. Um blog com banda(s) sonora(s). Posts musicais.
Como o meu.
Daí este comentário.

Uma boa semana.

Magnolia disse...

..E é dificil explicar a alguem o quanto isso me alegra e o quanto isso me basta..
Boa semana
Bj

Mª Angeles y Jose disse...

Impactante.

Muy buena.

Besos

Maria, Simplesmente disse...

Bem... a música perfeitamente adaptada à fotografia faz-me pensar que realmente até os dias de chuva podem ser belos, na realidade.
No entanto as baixas pressões deprimem-me sempre, só que a fotografia é tão bela que fico a olhar, embora com uma certa tristeza.
É um lugar muito bom o seu Blogue.
Boa semana
Maria

A Luz A Sombra disse...

Vasco Trancoso:
As sua fotografias, a maneira como as apresenta no seu Blogue, chamou-me a atenção pela grande sensibilidade demonstrada.
Hoje quero somente agradecer-lhe a sua vinda ao meu modesto lugar, e a oferta do caminho que me leva até ao seu.
Não faço elogios, digo verdades, aqui podemos sonhar...!
Obrigada.
A Luz A Sombra

Submarino Amarelo disse...

"Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol."
Aqui está uma afirmação de que nem Fernando Pessoa nem Astrud Gilberto & Stan Getz nem o autor deste Blog me convencem, por mais belas que sejam as palavras, Gentle Rain e a fotografia...

alice atras do espelho disse...

Uma fotografia apanhada num momento, um imagem que nos fica por instantes a dançar entre as nuvens e a chuva que escorre entre o vidro e o "olhar" de quem pára para apreciar uma oportunidade. Boa forma de sentir os dias que não trazem o sol.

Bjs do outro lado.

Charlotte disse...

"Um dia de chuva é tão belo como um dia de sol"...também acredito nisso! (não fosse eu uma admiradora de Alberto Caeiro;)

Beijinhos e tenha uma Boa Semana!

Anónimo disse...

My gentle rain

Sitting on a beach under the palm trees,
Just after sunset,
A slight breeze catches my hair- playing with it softly
Moonlight is trying to shine through the gathering clouds
My barefeet- nestled confortably in the sand
I feel warm rain drops beginning to fall, gently.

My first thought- take cover
but I resist
enjoying the scent of the ocean
Letting go of thought and embracing being
I lean back, close my eyes, and let the rain fall on my face,
with droplets running down my chin.

The rain holds me in a timeless embrace
My hair turns to ringlets- my wet clothes cling to my body.
Peacefully, I stand, stretch, and turn slowly toward home.

Sheri K. Hoff

Belo momento de chuva ! Muito bem captado!
Impressionante como a limpidez das gotas de chuva nos devolve a paisagem, enevoada, em tons de preto e branco… igualmente maravilhosos.
Não há efectivamente chuva capaz de impedir um bom “Olhar” e um Bom Momento…
Assim como há dias de Sol em que apenas sentimos a Sombra, há dias de chuva em que beneficiamos em pleno da “Luz” …

FC

Anónimo disse...

Perfeita sintonia entre a imagem e a melodia.Na linda fotografia relevo a originalidade.
A cada dia,de sol ou chuva, a sua Beleza,mas...sol é Sol...!
Grande e maravilhosa sensibilidade patenteada neste post que,poeticamente,nos enleva pela chuva...!
RP

Anónimo disse...

Rain and tears...
À medida que vou passando pelos dias(prefiro,a passarem eles por mim)encontro a mesma beleza e conforto num dia de chuva ou num dia de sol.
Esta belíssima fotografia,tirada "do lado de dentro",reporta-me ao conforto da minha "janela" num dia de chuva...very,very sweet.
MV

agata disse...

gosto desta!

VT disse...

As melhores boas vindas e agradecimentos pelas palavras amáveis de quem comenta pela 1ª vez: Caçador (que "caça" pelas mesmas "paisagens"), A Luz e Sombra / Maria Simplesmente (com uma grande sensibilidade) ambos com blogues fotográfico a que recomendamos a visita.
Gracias Mª Angeles y Jose (os Vossos conhecimentos e experiência fotográficos estão bem patentes em todos os blogues que actualmente constroem). Magnólia uma presença sempre muito agradável com sensibilidade à flor (Magnólia?) da pele.
Também estamos habituados às palavras do Submarino - que faz sempre falta quando não "emerge".
Aplaudimos Alice e Charlotte pela capacidade de olhar de modo especial - neste caso a chuva e a poesia de Alberto Caeiro (publicado um outro poema, há dias, no Blogue da Charlotte - Guiding star).
Fantásticas as intervenções de FC (com a poesia de Sheri K. Hoffla e inerente às prórias palavras), de RP e de MV que também compareceram brilhantemente a este encontro atrás da vidraça.
Para a minha filha Ágata um grande beijinho e desejos de fazermos juntos um próximo "safari" fotográfico.
Bem hajam
VT

Eva Gonçalves disse...

Foto muito bem conseguida! E a música...well... just so...