quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Pair in the mist

My One and Only Love - Sting

6 comentários:

Eva Gonçalves disse...

A primeira impressão sem o título e sem o Sting de fundo, foi a de um duelo de madrugada, :)Foi a primeira interpretação da foto que tive. Se a música tivesse sido diferente, sem a conotação romântica que lhe deu,e se o título tivesse sido outro, podia perfeitamente ter sido uma cena de confronto, assim, tudo muda... engraçado isso.

Anónimo disse...

Apesar da névoa...que se interpõe com o passar do tempo,este"face to face",connosco próprios,afigura-se-me muito autêntico!

Curvamo-nos perante o inevitável:"If I could only turn back time
I would spend all the times with the ones I love".

Fotografia muito interessante,bonita(de tão simples),portadora de uma mensagem bem profunda,do que de mais rico e belo o Ser Humano pode ter:os Afectos!
Gostei imenso deste post e do fantástico tema "My One and Only Love" magnificamente bem interpretado por Sting.
Felicito-o pela inspiração.
MV

Anónimo disse...

No mesmo meio ambiente,sob iguais condições atmosféricas,duas árvores ,tão perto e tão longe,tão iguais e tão diferentes,tal como o Homem...
Sting pode aproximá-las...tal como a nós,embora as névoas,tantas vezes,se interponham...
Mesmo assim,ouçamos a música,cantemos e permaneçamos de pé,tal como as árvores!
Ternurenta fotografia,bela música!
RP

Anónimo disse...

Sentimento Sublime…

O Amor

O amor, quando se revela,
Não se sabe revelar.
Sabe bem olhar p'ra ela,
Mas não lhe sabe falar.

Quem quer dizer o que sente
Não sabe o que há de dizer.
Fala: parece que mente
Cala: parece esquecer.

Ah, mas se ela adivinhasse,
Se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse
Pr'a saber que a estão a amar!

Mas quem sente muito, cala;
Quem quer dizer quanto sente
Fica sem alma nem fala,
Fica só, inteiramente!

Mas se isto puder contar-lhe
O que não lhe ouso contar,
Já não terei que falar-lhe
Porque lhe estou a falar...

Fernando Pessoa

Bonito “Par” fotografado. Perto, mas longe ? Longe, mas sempre presente ?
Um bom diálogo do “Par”, mediado pela suave melodia e pela doce letra. Excelente “composição” plena de semântica !

FC

A Luz A Sombra disse...

As fotos sempre belas... as músicas sempre tão bem escolhidas!
Parabéns pelo seu lado poético
A Luz A Sombra

VT disse...

Muito Obrigado Eva, MV, RP, FC e A Luz A Sombra pelos pertinentes comentários com interessantes reflexões e poesia...
De facto aqui optei pelo primado da simplicidade com um despojamento (Zen?) do supérfluo e escolhi um tema musical que aponta antes para uma cena de namoro (apesar da distância e da névoa...). É sempre interessante constatar as diferentes interpretações que este tipo de foto pode desencadear.
Bem hajam
VT